Olhe nos meus olhos

Os olhos,
Sem produzir
Sequer um som,
Dizem tanto…

Há olhos que brilham;
Há olhos opacos;
Há olhos alegres;
Olhos que choram;
E até olhos que iluminam.

Há olhos que se reviram.
Há olhos que se fecham.
E olhos que se abrem.

Há Olhos
e olhos.
Silenciosos…
Há também olhos que gritam
Por Socorro.

Por Larric Malacarne.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: