Fora do tempo

Faz tempo que não escrevo
As letras me abandonaram
O tempo me abandonou
E as letras me abandonaram.

Faz tempo que não escrevo
Minhas palavras caducaram
O tempo envelheceu
E minhas palavras caducaram.

Faz tempo que não escrevo
Meus versos escaparam
O tempo é furtivo
E meus versos escaparam.

Faz tempo que não escrevo
Tenho tido muito trabalho
Faz tempo que não tenho tempo
E tenho tido muito trabalho.

Faz tempo que não escrevo
Me falta o ócio necessário
O tempo todo ocupado
E me falta o ócio necessário.

Faz tempo que não escrevo
Sem escrever fico angustiado
O tempo está uma loucura
E sem escrever fico angustiado.

Faz tempo que não escrevo
Tomara que escreva logo
Uma escrita fora do tempo
Mas tomara que escreva logo.

Por Larric Malacarne.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: