Um poema de felicidade

Felicidade,
sentimento intenso.
Traz leveza pela vida afora…
A partir de dentro.

Felicidade,
talvez a mais maleável das categorias do sentir.
Tão distinta,
formas diversas pode assumir.
Quem sabe seja isso que funde sua recusa a se prender:
Em palavras, frases, conceitos…
Felicidade é difícil de dizer!

E quem disse que ela sossega?
Quando se alcança
Ela, ligeira, toma distância.
Mais uma légua.

Tirando a efemeridade,
a felicidade carrega outra importante qualidade:
força motora de dentro
mantém a vida em movimento.

Por Larric Malacarne

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: