Só-ciedade

Caminhando,
Sozinho,
No meio da multidão,
Pensei.
Pensei.
Pensei.
Quais passos eu dei
Pra chegar ali?

Triste.
Pesado.
Mas,
Conforme
Eu caminhava,
Me passou
Uma ideia ingrata:
Eis o retrato
Da atual sociedade!

No fundo,
No fundo,
Estão todos sós.
As pessoas se reúnem,
No máximo,
Pra trocar solidão.
Ainda que seja
Em multidão.

E passam
A vida
Procurando alguém
Com uma solidão
Parecida
Pra tentar
Uma solidão
Acompanhada.

Solidão
À dois
Deve ser menos
Solitária.
Quem sabe?

Por Larric Malacarne.

2 comentários em “Só-ciedade

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: