Coração Marinheiro

Navegando
Em mar revolto,
Sem compreender direito
Os pontos cardeais,
Tive medo
De não encontrar
O meu caminho.

Por tempestades
eu passei,
Quantas vezes
eu remei;
Sem ter certeza
Pra onde ia.

Só agora eu vejo:
Não é preciso
Agonia.
Eu não perco
Meu caminho.
Em águas calmas,
Ou agitadas,
Meu coração
É meu guia.

Se aqui cheguei,
E porventura
Ancorei,
Tudo bem
Se eu me soltar.
Norteado
Pelo meu desejo,
Me aventuro
E não me perco:
Tem muita terra
A avistar!

Por Larric Malacarne.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: