O tempo da vida

O futuro,
que é exato,
há de vir
no tempo dele.

O passado,
dissimulado,
manda beijos
e lembranças.

E enquanto isso
o presente,
sorridente,
acena
e nos dá tchau.

-Mas já vai?

 

Por Larric Malacarne. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: