Boas-vindas

Quando o sol se vai
e a noite cai
vem com ela
indesejada
visita.

Entra e sorri,
diz que chegou
em boa hora,
abre a geladeira,
cospe no chão
e põe o pé no sofá.

Demonstra
simpatia:
diz que engordei,
palpita
na minha vida.

Sempre disposta
a ajudar,
dá abraço
me aperta o peito
diz que amanhã
vai voltar.

Desorientado,
deixo escapar
um sorriso:
não estarei sozinho!
Solidão
vai me acompanhar.

Por Larric Malacarne.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: